7 Animes que exploram o conceito de viagem no tempo

 


Há cerca de dois meses a internet parou quando a Netflix lançou a última temporada da série Dark. Difícil de entender ou não, o fato é que histórias que trabalham o conceito de viagem no tempo costumam atrair a curiosidade do público.


Afinal, quem nunca se pegou pensando como seria incrível ter a habilidade de voltar ao passado para mudar as circunstâncias do presente?


Essa ânsia por controlar o tempo é universal, também se fazendo presente no universo dos animes.

Por isso, trouxemos uma lista com 7 animes que exploram o conceito de viagem no tempo para você!


Steins;Gate


(White Fox)

O cientista Okabe, cria um dispositivo capaz de enviar mensagens de texto para o passado, alterando assim os acontecimentos futuros. Ele e seus amigos usufruem dessa descoberta, até que a organização SERN descobre a verdade e começa a persegui-los.


Quando se fala em viagem no tempo, o primeiro nome que vem a cabeça de todo otaku é Steins;Gate. Isso porque o anime é a adaptação de uma visual novel de grande sucesso, aclamada pela crítica. Uma obra inteligente, que explora a fundo elementos de ficção científica.


Em questão de sucesso, o anime repetiu o feito da novel, se tornando muito popular no mundo todo. 


Steins;Gate é um marco no que diz respeito a obras de viagem no tempo, não por acaso é muito comum ver pessoas se referindo a ele como “aquele anime que tem viagem no tempo”.


A obra possui um temporada com 24 episódios.



Re:zero


(White Fox)


Natsuki Subaru estava na calçada de uma loja de conveniências quando foi abruptamente transportado para outro mundo. Tentando descobrir quem o teria invocado para aquele lugar, ele se mete em assuntos perigosos, o que acarreta em sua morte. É então que ele retorna para o mesmo local e no mesmo momento de quando chegou naquele mundo.


Re:zero é um excelente exemplo de isekai — aqueles animes em que os protagonistas são levados para outro mundo —, e é um dos mais famosos desse gênero. 


Sua abordagem mescla elementos de aventura, com cenas de humor. Porém, nem tudo são flores, e há arcos mais densos, onde as tramas são profundas, até mesmo mais assustadoras.


De todos os animes que trabalham com o conceito de viagem no tempo, Re:zero é o que apresenta o mecanismo mais diferenciado. Pois, não se trata de uma máquina de tecnologia avançada ou um objeto mágico. Aqui, o protagonista tem que morrer — isso mesmo, morrer para valer — para então retornar ao passado. 


Ah, e só pra constar, ele não por que consegue fazer isso e muito menos quantas vezes é possível realizar a façanha.


Até o momento, o anime possui uma temporada de 25 episódios, e sua segunda temporada está em lançamento no Brasil pelo serviço de streaming Crunchyroll.


Boku dake ga Inai Machi


(A-1 Pictures)

Satoru possui a capacidade de voltar no tempo sempre que uma tragédia está prestes a acontecer. Assim, ele tem salvado muitas vidas, apesar de não ter controle sobre este fenômeno. Até que, ao ser preso por um crime que não cometeu, ele é mandado 18 anos no passado, para quando ainda era uma criança. Agora, Satoru terá que impedir um serial killer de assassinar seus colegas de escola.


Boku Dake ga Inai Machi, ou apenas Erased — nome que recebeu aqui no Ocidente —, concorreu ao prêmio Crunchyroll Awards na categoria de melhor anime de 2016. Uma indicação que faz justiça à qualidade apresentada pela obra. Estamos falando de uma história excelente, com um roteiro bem elaborado, que te prende do primeiro ao último episódio. Além do trabalho primoroso de animação e direção.


A obra traz uma dose forte de suspense, daqueles de tirar o fôlego, mas é muito mais do que um anime de mistério investigativo. A carga dramática é comovente e os personagens são muito, muito cativantes. 


Se eu só pudesse recomendar um anime sobre viagem temporal, com certeza seria este.


O anime está disponível nas plataformas Netflix e Crunchyroll. Já seu mangá é lançado no Brasil pela editora JBC.



Orange


(Telecom Animation Film)

Prestes a começar o segundo ano do ensino médio, Naho recebe uma carta escrita por ela mesma 10 anos no futuro. A princípio, ela não acredita que isso seja verdade, porém, à medida que os eventos descritos na carta vão acontecendo, Naho começa a agir para evitar repetir os mesmo erros que sua eu do futuro cometeu.


Nem só de shounen vivem as obras de viagem no tempo. Exemplo disso é Orange, um anime shoujo, com temática escolar, mais voltado para o romance e, principalmente, para o drama.

 

Quando se chega a vida adulta é normal carregar arrependimentos, e, quem não gostaria de poder voltar no tempo e consertar a própria vida? Talvez até salvar alguém que se ama? Esse é o centro da história de Orange.

 

O anime é curtinho, possuindo apenas 13 episódios. Seu mangá é lançado no Brasil pela editora JBC.



Toki wo Kakeru Shoujo


(Madhouse)

Makoto está no último ano escolar, mas não sabe o que fazer da vida. Tentando lidar com a pressão social, ela por acaso descobre ser capaz de saltar no tempo. Porém, o que parece ser uma vantagem, se mostra como algo mais complexo e perigoso do que ela imaginava.


A vida de um adolescente prestes a entrar para a vida adulta não é nada fácil, agora imagine poder estar sempre um passo à frente das circunstâncias, podendo mover seu corpo como bem entendesse pela película temporal. Parece incrível, não é? Porém, brincar com a realidade, evitando os problemas naturais da vida pode não ser a melhor opção.


Toki wo Kakeru Shoujo é um longa-metragem que veio para o Brasil através da Netflix sob o título “A garota que conquistou o tempo”.


São essas as nossas indicações de animes que exploram o conceito de viagem no tempo. Mas, a menos que você tenha perdido as contas, deve estar se perguntando “Ué, não eram 7 animes? Ainda faltam dois”.

Separamos os dois últimos, pois falar sobre os conceitos de viagem no tempo apresentados por esses animes significa também trazer spoilers de seus enredos. Em ambos os casos, a viagem no tempo não está presente desde o começo, aparecendo apenas do meio para o fim da temporada.


Então, a menos que você não se importe em receber um spoilerzinho, recomendamos que pare agora e leia outras matérias da Universo Animes — temos muitas outras listas e indicações, todas excelentes, eu garanto. Confira clicando aqui.


Agora, se você gosta tanto de viagens no tempo e tomar spoiler não é problema para você. Segue agora nossas últimas recomendações.


Bônus: Alerta de spoiler

(Vou avisar pela última vez, siga por sua conta e risco).










Charlotte


(P.A. Works)


Yuu aparenta ser um adolescente normal, mas tem o poder de entrar na mente das pessoas. Ele tem utilizado sua habilidade apenas para benefício próprio, como tirar boas notas na escola. Quando uma garota chamada Nao descobre seu segredo e o obriga a se transferir para a Academia Hoshinoumi, uma escola para jovens com superpoderes.


Do mesmo criador de Angel Beats e Clannad, Charlotte carregava nos ombros a enorme responsabilidade de ser a altura de seus antecessores. E não decepcionou. 


Assim como em Angel Beats, a obra faz uma ótima transição entre ação, humor e drama. Além de possuir um plot twist de cair o queixo — quando você pensa que está entendendo tudo, o roteiro joga uma verdade chocante na sua cara.


Aí, você se pergunta: mas, afinal, por que ele está nesta lista? 


Pois bem. Lembra que o Yuu, o protagonista, vai para uma escola, tipo a escola do professor Xavier de X-men, com jovens superpoderosos? Um desses jovens tem o poder de voltar no tempo. Mas eu nunca direi quem é, porque aí já seria dar spoilers, não é mesmo?


Charlotte possui 13 episódios — disponíveis na Crunchyroll, e mais uma OVA que encerra a história.



Puella Magi Madoka Magica


(Shaft)


A vida normal de Madoka muda quando ela conhece Kyuubey, uma criatura misteriosa que lhe oferece um contrato para se tornar uma garota mágica. Em troca, ela teria qualquer desejo realizado. Porém, o que parece maravilhoso a primeira vista, pode ser algo muito mais sério e sombrio, por isso, Homura, uma garota mágica experiente, fará o possível para impedir que Madoka feche o contrato.


A autora deste artigo precisa confessar que Madoka Magica é seu anime preferido. A obra é inteligente e forte. Não se engane com o traço fofo. Sua aparência inocente esconde uma história densa e muito perturbadora. Está muito mais para Evangelion e Shingeki no Kyojin do que para Sailor Moon.


O anime é tão marcante que seu gênero se divide entre antes e depois dele. Inclusive, você pode conferir uma lista com os principais animes de mahou shoujo que vieram depois de Madoka Madoka clicando aqui.


Assim, como em Charlotte, em determinado momento através de uma personagem — eu disse que não falaria nomes, não foi? —, a temática de viagem no tempo virá à tona. É só ter paciência. Vale a pena.


O anime, que é extremamente popular no Japão, possui uma temporada de 12 episódios, 3 filmes, e um anime spin-off. Você encontra a obra original na Netflix, e seus mangás são vendidos pela editora Newpop.



Agora sim, essa foi nossa lista com 7 indicações de animes que exploram o conceito de viagem no tempo. Espero que tenha gostado e que dê uma chance para as obras apresentadas.



Postar um comentário

0 Comentários